Saúde e Medicamentos

Saúde AnimalPerguntas/Respostas 

Dermatite

A dermatite ou eczema caracteriza-se por uma inflamação ou irritação da pele e não é contagiosa. As dermatites podem ser divididas, conforme a sua origem, em exógena, de contacto ou endógenas, atópica ou seborreica.

Sintomas:

Fase aguda

  • Pele húmida
  • Eritema
  • Exsudado
  • Prurido
  • Ardor
Fase crónica

  • Pele seca e sensível
  • Descamação
  • Lesões na pele

Dermatite de contacto

Caracteriza-se por lesões em forma de borbulhas e bolhas, resultantes do contacto com uma substância externa, para a qual existia uma sensibilização prévia (plantas, níquel, detergentes, cosméticos, látex.

Dermatite atópica

Caracteriza-se por lesões borbulhas escamosas, de causa desconhecida.  Resultam da incapacidade da pele para proteger e hidratar provocando comichão.
Inicia-se, geralmente, na infância (entre os 4 e 6 meses de idade ou entre os 3 e 6 anos) e tem tendência a ser menos intensa na idade adulta. Normalmente repete-se várias vezes.

 

Dermatite seborreica

Caracteriza-se por lesões descamativas e inflamadas, geralmente localizadas no couro cabeludo, sobrancelhas, orelhas, parte central da face e tórax e nas zonas de fricção.
É uma situação que se repete várias vezes  e é comum em indivíduos com pele ou couro cabeludo oleoso.
Pode ser mais grave  em situações de stress.
Nos bebés usa o nome de crosta láctea para designar esta situação, quando aparece durante o primeiro mês de vida.

 

Dermatite das fraldas

Caracteriza-se por uma inflamação cutânea na zona da fralda, sendo mais comum nas crianças com idade inferior a 2 meses e que apresentam dermatite atópica. Pode também ocorrer em indivíduos adultos incontinentes.
As principais causas são a exposição da pele da zona perianal a urina e fezes e a fricção entre a pele e a fralda. Estes fatores causam irritação e fragilização da pele, podendo surgir infecções por Candida albicans (um fungo). Estas originam eritemas intensos e lesões na pele, que são dolorosas, principalmente depois de urinar e defecar. Neste caso não deve ser usado antifúngico ou antibacteriano sem prévia avaliação do médico.

Prevenção

Evitar:

  • Banhos de água quente demasiado longos e frequentes
  • Temperaturas muito quentes ou roupa excessiva
  • Roupa em tecidos sintéticos e lã
  • Exposição excessiva solar
  • Ambientes secos

Urticária

Caracteriza-se por placas de cor avermelhada, com extremidades bem definidas e um centro branco, planas e elevadas e muitas vezes com comichão que atinge apenas a parte superficial da derme. Estas manchas podem aumentar, disseminar-se e juntar-se para formar áreas de pele maiores,  Também podem mudar de forma, desaparecer e reaparecer em minutos ou horas 

 

Prevenção

Dieta: Vestuário: Banho: Outros fatores:
Consumir alimentos frescos.
Evitar:
Álcool, especiarias picantes, marisco, conservas, queijo curado, enchidos, frutos secos, chocolate e derivados
Evitar roupa apertada.
Usar detergentes suaves para lavagem da roupa e enxaguar bem
Evitar banhos de água quente demasiado longos e frequentes.
Usar produtos com aveia coloidal.
Usar sabonetes de glicerina ou aveia.
Não esfregar a pele com a toalha para secar.
Evitar andar ao sol.
Evitar ambientes muito quentes e mudanças bruscas de temperatura.
Evitar coçar a pele e arranhar.
Evitar situações de stress.

 

 

Voltar

Doenças Infeciosas
Hepatite
Meningite
SIDA
Vacinas
Varicela
Zona




Cuidados Corporais
Cabelo
Caspa
Celulite
Pele Seca
Piolhos
Queda de cabelo


Dermatologia
Acne
Afta
Calos
Dermatite
Diarreia
Frieiras
Hematomas
Herpes Labial
Micoses
Queimaduras
Varizes

Página da autoria de Laurentino Moreira (farmacêutico) - Última atualização em 08-out-2015